Cidadela do Cairo

Quando você desembarcar no Cairo, vai ver que essa cidade enorme, a maior do Oriente Médio, tem muito a oferecer além das pirâmides e que em todos os cantos tem um pouco de história, como é o caso da Cidadela do Cairo.

Walls of the Cairo Citadel

Muros externos da Cidadela do Cairo

Esse ponto turístico obrigatório também é chamado de a Cidadela de Mohamed Ali ou a Cidadela de Saladino. Atualmente, é um dos lugares mais visitados no Egito e devido à sua popularidade, não pode ficar de fora do seu roteiro.

Um pouco de história

Quase como em um conto de “Era uma vez”, só que real, há muito tempo atrás, o Cairo, antes de ser a megalópole que é, tinha uma cidade vizinha de tamanho similar conhecida como Ayyubid. Certa vez, as duas cidades se encontraram sob as ameaças das Cruzadas, cujo objetivo era colocar a Terra Santa e Jerusalém sob domínio cristão. Diante de tal situação, o governante de Ayybid, Salah Aldin (Saladino) declarou que construiria um muro em torno das cidades.

E assim foi.O muro começaria pelo Rio Nilo e daria a volta nas duas cidades, retornando ao rio. Na visão de Saladino, ele iria transformar as duas cidades em uma única e grande que fosse capaz de se defender com seu exército. A construção do muro começou em 1176 DC e foi completada em 1183 DC, criando assim o que hoje conhecemos como a Cidadela do Cairo.

A sua localização e arquitetura tornaram muito difícil para qualquer invasor se aproximar, e por essa razão a cidadela continuou servindo de sede para o governo egípcio até meados do século XIX. Diz a lenda que Saladino “testou” o lugar para a construção da cidadela com um método incomum: pendurando um pedaço de carne num local aberto; como a carne apodreceu em um dia e uma noite, ele decidiu procurar outro lugar. Achou outro lugar e fez o mesmo teste, mas desse vez a carne estragou depois de dois dias e duas noites, fazendo com ele escolhesse esse como o lugar de construção da Cidadela do Cairo. Agora, o motivo desse experimento e o que se passava na cabeça dele, não sabemos.

Saladino e a Guerra Santa: curiosidade

As cruzadas desencadearam a Guerra Santa, e por causa disso Saladino travou várias guerras. Um dos seus maiores oponentes era o Rei da Inglaterra, rei Ricardo I, conhecido como Ricardo Coração de Leão. Apesar de rivais, ambos tinham uma relação de respeito mútuo, e essa relação foi marcada por alguns fatos curiosos, como quando Ricardo foi ferido em batalha e Saladino lhe enviou seu médico para cuidar dele. Diz a lenda que quando Saladino morreu, em 1193, seu tesouro não cobria seu funeral; isso porque ele havia doado tudo para a caridade. Histórias como essa fizeram a reputação de Saladino, que é até hoje admirado pelos muçulmanos.

O que você vai ver

A Cidadela do Cairo é hoje a casa de algumas mesquitas, uma das quais é a Mesquita de Muhamed Ali, localizada no alto da cidadela. Ninguém sabe ao certo como ou por que a cidadela também é conhecida pelo nome dessa mesquita. Algumas pessoas acreditam que é justamente por conta da localização da mesquita, no alto; outras pessoas acreditam que é porque Muhamed Ali foi o último a exercer poder sob a cidadela ao retirá-la dos mamelucos em 1805.

Além da Mesquita de Muhamed Ali, existem outras duas mesquitas que valem uma visita. São elas a Mesquita de Al-Nasir Muhamed e a Mesquita de Suleiman. Caso você queira, pode extender sua visita ao Museu Militar Nacional – onde é proibido fotografar -, ao Museu da Polícia – a entrada é gratuita e exibe artefatos antigos dos bombeiros também -, ao Museu da Carruagem e ao Palácio Al-Gawhara, que também é conhecido como Palácio Bijou, e foi encomendado por Muhamed Ali em 1814.

Ah, a vista!

E depois de todos esses lugares que você vai conhecer na Cidadela do Cairo, prepare-se para uma vista privilegiada, fantástica e única. Lá do alto, você poderá ver boa parte da cidade, onde o moderno e o antigo se encontram nesse lugar vibrante que é o Cairo. É um ponto muito bom para tirar fotos, então não perca a oportunidade e aproveite também a brisa.

Como chegar

A melhor forma de chegar na Cidadela do Cairo é de carro. Você pode ir de táxi ou Uber. Se estiver indo com um de nossos pacotes para o Egito que incluem essa visita, seu motorista e guia o levarão em carro privado – lembre-se que você sempre pode personalizar os pacotes de acordo com as suas necessidades pessoais. O horário de visitação é de 08h às 17h de segunda a sexta-feira e de 08h às 16h aos sábados e domingos.

Prepare-se para memórias incríveis. A Cidade do Cairo vai te proporcionar mais história que vão te permitir mergulhar ainda mais na riqueza da cultura desse lugar que é o Egito.

Viagens para o Egito