Segurança no Egito

Como é a segurança no Egito? Muito se fala em segurança, e uma das primeiras perguntas que são feitas sobre o Egito é essa. Vejam bem, o tópico segurança é primordial em qualquer contexto, mas quando se fala em segurança no Egito, as pessoas estão majoritariamente se referindo a ataques terroristas. Neste artigo vamos falar um pouco mais sobre o tópico e responder o que talvez seja a sua dúvida.

Segurança no Egito: antes de mais nada, o que é segurança?

Uma pesquisa não-oficial realizada em 2018 ouviu 148.000 pessoas, perguntando onde elas se sentem mais seguras de noite. O Egito saiu na frente dos Estados Unidos e do Reino Unido, ficando na 16a colocação.

Essa pesquisa é apenas uma demostração da opinião de pessoas que já estiveram ou já moraram no país. Aliás, é interessante ressaltar que o Egito possui uma grande comunidade estrangeira, principalmente no Cairo, e muitas dessas pessoas já declararam sentirem-se mais seguras no Egito do que na sua terra materna.

A maioria dos brasileiros hão de concordar que a situação atual do Brasil em relação à violência é alarmante em muitas cidades, e relatos de roubos, assaltos, homicídios e violência têm tomado níveis astrondosos, tanto que as pessoas sentem medo de agir e fazer alguma coisa diante de uma situação de abuso. Ao pensar na segurança no Egito, o que a maioria dos visitantes relatam, assim como estrangeiros vivendo no país, é como se sentiram/ se sentem à vontade, caminhando livremente.

Agora, da perspectiva brasileira, você pode ter certeza de que você pode andar na rua sem medo e livre. O conceito de assalto a mão armada é algo que não existe no Egito; garagens, em sua maioria, não tem portões, carros ficam na rua; não tenha medo de quem anda do seu lado. Apesar de haver muita desigualdade social e muitos problemas econômicos internos, o conceito de religião e família é muito forte no país, e esses valores possuem uma enorme influência na vida das pessoas, inclusive afetando a taxa de criminalidade, cujo índice é baixo.

É possível andar até tarde nas ruas (egípcios em geral são noturnos) sem qualquer receio. É óbvio que em qualquer lugar há vizinhanças e vizinhanças, e cabe bom-senso, mas as possibilidades de você ir a um bairro perigoso de fato são mínimas, pois todos os lugares citados em roteiros ficam em áreas conhecidas.

Em relação ao terrorismo, que falaremos mais adiante, o Egito é o país do Oriente Médio que possui o exército mais forte, e sua presença é bem marcante.

Há vários aspectos em relação à segurança. Nenhum lugar vai ser perfeito e em todos você vai precisar tomar alguma precaução. O que pontuaremos aqui é em relação a tópicos recorrentes, e cabe a você pesar na balança como um todo.

Mulheres e assédio

Ao falar em segurança no Egito, uma pergunta frequente é em relação a mulheres viajando sozinhas e/ou se mulheres estão seguras. Sobre viajar sozinha, ao fazer uma simples pesquisa no Google, você vai encontrar o relato de diversas mulheres viajantes solo dizendo que sim, é tranquilo e que não enfrentaram nenhum problema quanto à segurança no Egito.

Entretanto, um ponto um tanto quanto chato é o assédio. Na maioria dos casos são cantadas e olhares, em outros algumas mulheres desacompanhadas foram tocadas ou homens tentaram abordá-las na rua. Vale lembrar que esse é um problema não apenas no Egito, mas em outros países na região. De qualquer forma, há meios de lidar com a situção, pois você não deve deixar que isso atrapalhe a sua viagem, lembrando que ao reservar um de nossos pacotes o seu guia estará com você em todos os passeios do itinerário.

Antes de mais nada, se alguém mencionar te tocar, faça um escândalo, grite mesmo. Homens egípcios não estão acostumados a isso, e ao gritar você vai pegá-lo de surpresa e ele é quem vai ficar com medo, ainda mais se a mulher revidar; em 99% dos casos vai vir alguém para te defender (pois, por outro lado, há também um grande número de homens que não aceitam tal comportamento e não vão deixar isso por menos). No caso de cantadas, você pode simplesmente ignorar ou aprender algumas palavras em árabe que, de novo, com ar de autoridade, são o suficiente para deixá-los com medo. Essa é uma tática que funciona relatada por mulheres que viajaram ao Egito; não significa que se aplica ou não a outros países. Lembre-se: nunca reaja em situações de risco. Em geral, o que acontece na maioria das vezes são os olhares.

Batedores de carteira

Como dito antes, bom-senso e cuidados se aplicam em qualquer lugar. Pontos turísticos recebem uma grande quantidade de pessoas todos os dias, e infelizmente onde há turistas pode haver pessoas más intencionadas. Dessa forma, nós sempre orientamos que você mantenha seus pertences junto de si o tempo todo, não ande com mais dinheiro do que precisa (prefira dinheiro a cartões) e evite colocar sua carteira e dinheiro em um local onde, no meio de uma multidão, alguém possa pegar, como o bolso trasseiro da calça.

Terrorismo

Terrorismo é uma das primeiras coisas que se pensa ao falar de segurança no Egito. Infelizmente, não podemos negar que episódios já aconteceram no passado. Mas também é importante ressaltar que o governo egípcio possui um alto poder militar e que o turismo é muito importante para a economia do país, e por isso há um grande esforço por parte das autoridades de garantir a segurança dos turistas. Sempre que há algum risco em alguma área, ainda que pequeno, as autoridades egípcias os expõem.

Conclusão

No geral, o Egito é um destino seguro. Se não o fosse, muitos turistas escolheriam outro lugar. Lembre-se de que seja sobre segurança no Egito ou em qualquer outro lugar, medidas básicas se aplicam. Ao reservar um de nossos pacotes, você pode ficar sossegado; temos os guias mais experientes para garantir que sua viagem seja a mais agradável possível e faremos de tudo ao nosso alcance para que você se sinta seguro.

Top 9 pacotes para o Egito