Templo de Luxor

O Templo de Luxor é um dos seis templos do Egito Antigo e é um dos mais bem preservados. Ele foi construído por Amenhotep III (ou Amenófis III) e cultuava os deus Amon, Chons e Mut.

Templo de Luxor à noite.

Templo de Luxor à noite.

Esse templo é uma das maiores atrações turísticas do Egito, atraindo milhares de visitantes todos os anos e está localizado onde outrora foi a cidade de Tebas, a antiga capital do reino.

Dentre as principais contruções do sítio arqueológico estão o corredor central, o obelisco de granito vermelho, o salão, a avenida de esfinges na entrada, as grandes colunas do faraó Amenhotep III e as estátuas do faraó Ramsés II na entrada.

Antigamente, a avenida de esfinges, que conecta o Templo de Luxor ao de Karnak, era composta por cerca de 600 esfinges ao longo de sua extensão (3km de distância). Hoje elas não são tantas como naquele tempo, mas ainda mostram o seu esplendor.

Um pouco de história

O Templo de Luxor foi construído em 1400 a.C. durante o reinado do faraó Amenhotep III e aumentado por Ramsés II; ele era conhecido pelos antigos egípcios como o santuário do sul. Mais tarde, Tutemósis III e Alexandre, o Grande construíram as capelas localizadas próximo à entrada principal, e o templo aparentemente foi concluído apenas no período muçulmano, sendo assim o único que contém documentos faraônicos, greco-romanos, islâmicos e cóptico. O templo, assim como outras estruturas no local, foi construído com arenito Núbio transportado de localidades ao sudoeste do Egito.

Durante o período romano, ele foi usado quase que exclusivamente como um forte, assim como sede do governo romano, e depois do século II ele foi abandonado, até ser encoberto pelas areias do deserto. Foi apenas no século XIX que ele foi descoberto, e possivelmente por ter ficado enterrado por tanto tempo, isso contrubuiu para o seu ótimo estado de preservação. Com isso, a vila que tinha sido construída no local precisou ser removida, ficando apenas uma mesquita do século XIII e que ainda pode ser vista.

O Templo de Colunas e o Salão Hipostilo

Foto panorâmica do Salão Hipostilo

Foto panorâmica do Salão Hipostilo

Uma das características mais magníficas do Templo de Luxor são as imponentes colunas de 23 metros de altura e circunferência de 10 metros; um total de 14 colunas. Ambos os lados das colunas estão entre paredes que retraram cenas do Festival de Opet; esse festival era uma festa anual em que as estátuas de Amon, de sua esposa Mut e seu filho Quespisiquis eram transportadas em procissão do Templo de Karnak ao Templo de Luxor.  Essas colunas e a decoração das paredes foram finalizadas durante os reinados dos reis Tutancâmon e Horemheb.

Após as colunas, os visitantes passam por um largo pátio com pilares ainda mais largos até chegar no Salão Hipostilo, que possui 32 colunas, e neste ponto os visitantes podem contemplar o interior do templo, que contém antecâmaras e câmaras secundárias, além santuário, que foi encontrado numa câmara secreta. Curiosamente, registros mostram que Alexandre, o Grande reconstruiu a capela completamente durante o seu reinado.

O significado das cerimônias no Templo de Luxor

Os antigos egípcios eram conhecidos pelas mais diversas cerimônias, mas é preciso dizer que as celebradas no templo de Luxor não apenas eram incrivelmente importantes como complexas em termos religiosos e de simbologia. Muitas pessoas também frequentavam o templo para adorar a parte divina e imortal do faraó, conhecida como ‘ka’. Este era essencialmente um símbolo que era representativo da legitimidade do poder do faraó, e como tal, não era restrito ao faraó como indivíduo. Aliás, uma curiosidade desse templo é que ele também tinha função de rejuvenescimento dos faraós, e acredita-se que muitos deles tenham sido coroados lá.

Muitos historiadores e arqueólogos consideram o templo um dos projetos arquitetônicos mais marcantes no Novo Reino. Não importa quantas fotos você tenha visto ou informações; ao visitar esse lugar, esta será uma experiência diferente.

Se você reservou ou pretende reservar um dos nosso pacotes para o Egito que inclui uma passagem por Luxor, você com certeza terá o magnífico templo de Luxor como parte do itinerário, o mesmo caso você prefira um dos pacotes de cruzeiro pelo Nilo, já que estes incluem visita à Luxor, e ao Templo de Luxor consequentemente.

Top 9 pacotes para o Egito