Templo de Karnak

O Templo de Karnak é na verdade uma grande cidade-templo, e a maioria da sua estrutura remonta a 4 mil anos atrás. Atualmente, é o maior centro religioso ainda existente do mundo antigo, e milhares de turistas o visitam o ano todo. Por conta da sua popularidade, nós o incluímos na maioria dos pacotes para o Egito e de cruzeiros pelo Nilo.

Lago sagrado do Templo de Karnak

Lago sagrado do Templo de Karnak

O templo está localizado próximo à cidade atual El-Karnak, a 2.5km de Luxor e é tão grande que muitos visitantes passam o dia inteiro explorando a área. É uma boa ideia ter um guia com você para tal, pois assim você poderá entender mais sobre a história desse lugar fascinante e os pontos mais interessantes.

E o que você vai ver por lá? Bem, o templo é composto pelo grande templo de Amon, outros templos menores, capelas e o lago sagrado. Logo na entrada do templo, você vai se deparar com a Avenida das Esfinges, onde estão 40 esfinges com cabeça de carneiro, e essa avenida leva ao Templo de Luxor.

No templo de Karnak, você também vai encontrar o maior obelisco existente no Egito; ele tem 30 metros de altura e pesa 343 toneladas, e foi encomendado pela rainha Hatshepsut. Além de maior obelisco do Egito, é o segundo maior do mundo, atrás somente do obelisco Lateraense em Roma, que possui 32 metros de altura.

Um pouco de história

Enquanto que as estruturas mais antigas do templo datam de 4 mil anos atrás, a maioria é considerada nova – o templo foi construído ao longo de um período de 2 mil anos. Originalmente, ele fazia parte de Tebas, a antiga capital do Egito, e atualmente é considerado pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Além do fato de ser um sítio arqueológico importantíssimo, o número de monumentos e seu tamanho fazem dele uma das atrações mais visutadas do Egito. Para você ter uma ideia, é uma área de 200 acres, sendo 61 dedicadas ao deus Amom-Rá, isso significa o espaço para um total de dez catedrais.

Por séculos o templo ficou abandonado; na verdade, ele acabou sendo encoberto pelas areias do deserto. Foi no século XVIII que o templo passou por escavações e reformas, e até hoje ele ainda está em constante processo de restauração.

O templo de Karnak como a Casa de Amon

É seguro dizer que a cidade-templo de Karnak era a casa oficial do deus Amon, que depois foi associado ao deus sol, Rá, tornando-se Amon-Rá. Foi apenas depois da dinastia XII que Amon ascendeu e se tornou o deus de todos os deuses. Para entender melhor como isso aconteceu, você precisa compreender que naquele templo, quando batalhas aconteciam, elas eram em essência batalhas entre deuses.

Quando essas forças opostas guerreavam, o deus do exécito vitorioso se tornava ainda mais poderoso. O rei Tutemósis III ganhou muitas batalhas sob os olhos atentos de Amon, e foi dessa forma que Amon acabou se tornando o deus supremo. Diferentemente de muitos outros deuses egípcios, na verdade pouco se sabe sobre Amon, além de que ele era constantemente referido como quem cuidava dos pobres.

Os antigos egípcios acreditavam que ele tomava as feições do faraó reinante e juntava-se à rainha para fazer um herdeiro do trono. Originalmente, Amom era a divindade do vento e do ar, sendo associado ao sol posteriormente.

O grande salão hipostilo

Assim como muitos outros lugares em Karnak, o salão de colunas é enorme, cobrindo uma área de 54 metros quadrados e abrigando 134 enormes colunas que medem 23 metros de altura. É só quando você está dentro desse salão entre essas majestosas colunas que se pode apreciar verdadeiramente a sua beleza e ter dimensão do quão rico o Novo Reino era e a que extensão Amon era reverenciado.

A capela de granito

Também chamada de a Capela Vermelha, essa capela foi construída a mando da rainha Hatshepsut e seria usada na jornada noturna do deus-sol, como uma barca mitológica, por trás da terra.

O lago sagrado do templo de Karnak

Todos os templos do Egito Antigo tinham um lago sagrado e de diferentes tamanhos. Entretanto, o lago do Templo de Karnak era de longe o maior e usava água do Rio Nilo. O lago nos templos era muito importante para rituais sagrados, e o do Templo de Karnak representava o nascimento pela manhã do deus-sol.

Ao reservar o seu pacote para o Egito conosco que inclui uma visita a Luxor, muito provavelmente a visita ao Templo de Karnak está incluída, e o mesmo se no caso dos nossos pacotes com cruzeiro pelo Nilo. Assim como tantas outras atrações no Egito, o Templo de Karnak é um lugar que você precisa visitar e apreciar.

Top 9 pacotes para o Egito